“O Príncipe Deste Mundo” (João 16:11)

Ninguém precisa permanecer ininterruptamente diante dos noticiários para perceber que este mundo está perdendo o juízo. E essa perda começou aparentemente de forma vagarosa após a queda no Éden; mas hoje em dia, sem nenhum disfarce, ela se mostra de forma rápida e intensa. A causa pode ser vista sem grandes esforços nas páginas das Escrituras Sagradas. O mundo perde o juízo porque o príncipe deste mundo, ou príncipe do mal, recebeu permissão para exercer seu principado no mundo, para mandar neste mundo.  Mas a fé em Jesus diz que não precisamos temer os males e corrupções deste mundo, pois o seu príncipe já foi condenado, está inapelavelmente condenado e brevemente será “lançado para dentro do lago de fogo e enxofre,” onde será atormentado “de dia e de noite pelos séculos dos séculos” (Apocalipse 20:10). Temos cantado jubilosamente: “O príncipe do mal, com seu plano infernal, já condenado está! Vencido cairá por uma só palavra” (Novo Cântico hino 155). Modestamente eu penso que estamos vivendo Apocalipse 12:12, com o príncipe do mundo “cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta”. Por meio das Escrituras Deus nos dá instruções que devem receber toda a nossa atenção. Por meio delas o Senhor nos diz que o mundo será castigado por suas constantes maldades e os perversos por seus pecados, e que o dia para este justo julgamento foi estabelecido, antes do homem ser expulso do Éden (Isaías 13:11; Atos 17:31 e Gênesis 3:15). Já que Satanás é o “príncipe do mundo”, Deus nos adverte solenemente: “Não imitem o comportamento e os costumes deste mundo”, pois quem deseja ser amigo do mundo, torna-se inimigo de Deus. Portanto, não se deixe corromper pelo mundo. Até “porque o mundo oferece apenas o desejo intenso por prazer físico”, a sensualidade, “o desejo intenso por tudo que vemos e o orgulho de nossas realizações e bens”, a cobiça. E tais coisas não provém de Deus, “mas do mundo”. (Romanos 12:2; Tiago 4:4 e 1:27; e 1 João 2:16).  Diante de todas estas lutas, Ele também nos diz: “Aquietem-se e saibam que eu sou Deus! Serei honrado entre todas as nações; serei honrado no mundo inteiro” (Salmo 46:10). Isso se cumprirá quando ouvirmos o toque da “sétima trombeta” e grandes vozes no céu dizendo: “O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos” (Apocalipse 11:15). Na medida que este mundo perde o juízo, devemos inclinar os nossos ouvidos e ouvir a amorosa voz nos dizendo: “O SENHOR dos Exércitos está conosco” (Salmo 46:11).

Com fé, esperança e amor – pastor José Loures.

Posts Relacionados