TCU, STF e TCC

Tenho evitado os noticiários da TV. Vejo apenas o necessário para o mínimo de informações que necessito. Rede Globo nem pensar. Apesar do pouco tempo gasto, ontem pude ver e ouvir o homem da economia do Estado de São Paulo dizendo: “Temos condições de retomar com segurança”. Ele disse isso em um momento em que crescem o número de infectados e de óbitos. Assim, no meu entendimento o que ele quis dizer foi o seguinte: “Não precisávamos ter fechado. Se não o tivéssemos feito, não teríamos quebrado o Estado nem o País, e o número de óbitos poderia ser bem menor, pois o faríamos com as devidas medidas de segurança, redobrando ou “tresdobrando” os cuidados com os grupos de risco. Agora, às favas com essa “segurança”. O problema maior do Brasil não é a pandemia. O problema maior do Brasil são os permanentes problemas do Brasil. Primeiro: os corruptores que não permitem que se faça a coisa certa. Segundo: os corruptos sabem que sua “tabuada” será aprovada pelos corrompidos ou corruptíveis Tribunais de Contas, e se não o for, estarão sob a proteção das togas do STF. Mas há um problema, senhoras e senhores, além dos Tribunais de Contas e do STF, há o TCC (Tribunal de Contas Celestial). Diante dele, a exemplo do que aconteceu com o rei Belsazar, da Babilônia, os senhores e senhoras, corruptos e corruptores, serão postos na balança e serão achados em falta (Dn. 5:27) e serão lançados, em terror eterno, “para dentro do lago de fogo e enxofre” (Ap. 7:10). Se não se arrependerem e crerem no evangelho, colherão amarguíssimos e eternos frutos. Portanto senhores e senhoras corruptos e corruptores, todos vocês que se julgam reis e rainhas; ouçam, enquanto é tempo, o infalível e individualizado conselho das Escrituras: “Deixe de pecar e faça o que é certo; acabe com as suas maldades e ajude os pobres. Assim talvez o senhor” – ou a senhora – “possa continuar a viver em paz e felicidade” (Dn. 4:17). Ou conforme “o Soberano dos reis da terra” (Ap. 1:5) diz através de outro profeta: “Procurem a ajuda de Deus enquanto podem achá-lo” (Is. 55:5). O tempo urge, senhoras e senhores! O TCC está logo ali.

Com amor – pastor José Loures.

Posts Relacionados